Ver o objetivo da sociedade na cláusula "SEGUNDA"


"Do objetivo da sociedade:   --- O objetivo da sociedade será a nontagem
e comércio de aparelhos de telecomunicações e controles."









 

                    

         

                    

 













Anuncio em revista de dezembro de 1971





Veja a Homologação no Dentel/hoje Anatel --- Portaria 1636







1ª TESTEMUNHA:




  A cópia tem mais de 46 anos, e difícil de ser lida, por isso estamos transcrevendo.

"Eu, Jorge Gomes, brasileiro, residente à rua Marques de Abrantes, 110 apt 501, técnico em eletrônica, para fazer prova em Juizo declaro que no dia 11 de maio do corrente ano, fui despeido sem aviso prévio ou qualquer vantagem, da firma Trans-Ennis Telecomunicações e Controles, Ltda. Instalada à rua Almirante Tamandaré N.50 .. sala 740, sob a informação de que a firma estava sendo fechada pela polícia, bem como o pagamento referente a última semana que foi dado pelo Dr. Wilson Oacyl Bodstein.
O Sócio gerente da firma era o sr. Ennis Alfredo Meier, fatos que dou fé.
Rio de Janeiro 11 de dezembro de 1972"

(
assinatura reconhecida em cartório)









2ª  Testemunha:



A cópia tem 46 anos, razão de estarnos transcrevendo;
 
"ANTONIO CARLOS BROWNE é solteiro, residente a rua Paissandú nº179  apt 1204, nesta cidade, tendo por profissão radio-tecnico, declaro para fazer prova em juizo, que no dia 11 de maio do corrente ano, fui despedido da firma Trans-Ennis Telecomunicações e Controles Ltda. instalada a rua Almirante Tamandaré, 66 sala 740, sob a informação de que a firma estava sendo fechada, não me foi dado aviso prévio, ou qualquer vantagem, além do pagamento referente a semana que findava, a notícia como a importância referida, foi dada pelo Dr. Wilson Oacyl Bodstein. O sr. Ennis Alfredo Meier era o sócio gerente e o seu internamento causou estranheza, pois na convivência diária nada fazia suspeitar qualquer problema psiquico, por ser verdade assino,  Rio de Janeiro 11 de dezembro de 1972, ANTONIO CARLOS BROWNE."  (fime reconhecida em Cartório

 



 


 

 

Na década dos anos 60 os radios 'Single Side Band' fabricados pela TRANS-ENNIS tinham um valor comercial elevado, primeiro devido ao fato de haver apenas 3 concorrentes, e a precariedade do sistema telefônico no Brasil.
O DDD só foi implantado em 1974 e o tempo de espera numa ligação entre Rio e São Paulo, no horário comercial podia chegar a 2 horas.
Porém, o DDD levou mais de uma década para alcançar o interior do Brasil.
Os últimos fabricantes de SSB no Brasil, fecharam as suas portas na década dos anos 90.

E
m 1972 não havia celulares, não havia Bips, (rádio chamada) e a 'Faixa do Cidadão' era a única forma que dispunha o cidadão de se comunicar com o carro. A licença era facilitada e apresentava uma projeção econômica espetacular.

A Trans-Ennis tinha no CONTEL (hoje ANATEL)  3 homologações de modelos diferentes.
Entre a preparação industrial e homologação foram gastos 2 anos, incluindo uma viagem aos US. 

Eram apenas 2 fabricantes no Brasil, sendo que o outro estava localizado no Recife.

Um dos primeiros contratos da Trans-Ennis foi o fornecimento de Bips para o Hospital da Lagoa.  
A Trans-Ennis era o único fabricante no Brasil. A formação técnica e preparação industrial incluiu viagens à NIRA em Emem, (no norte da Holanda) Multitone (em Londres) e Pagemaster em New Jersey.

SINGLE SIDE BAND:
Durante muito tempo, só haviam 2 concorrentes da Trans-Ennis na fabricação de transmissores 'Single Side Banda': Philips do Brasil e A.J.Eletrônica.
A nova tecnologia aumentava em até 8 vezes a eficiências das transmissões em ondas curtas, sobre o sistema convencional de modulação AM. (modulação em amplitude)

Não havia DDD na época e uma ligação telefônica entre Rio de Janeiro e São Paulo demorava 2 horas no horário comercial. O sistema de discagem direta à distância, só foi implantado em 1974.  A Trans-Ennis já tinha equipamento SSB homologado no Dentel desde 1966. (hoje, ANATEL)

A exemplo de contratos anexados ao Processo da Anistia, um único Transceptor SSB era comercializado ao preço de um Wolksvagem ZERO. (contrato assinado pelo Governador do Estado do Rio Grande do Norte, Aluízio Alves)

Apenas alguns dos fornecimentos: 
*** Instituto dos Bancários. (anterior ao INPS)
*** Loyd Brasileiro 20 transceptores SSB de 1000 Watts instalados nos portos da costa brasileira.
*** Ishikawagima do Brasil. (equipamentos instalados em navios)
*** ICOMI - Mineração de Manganez no Amapá.
*** Slumberger --- Empresa canadense de prospecção de petróleo contratada pela Petrobrás.
*** Agência Nacional --- governo.
*** Estado do Rio Grande do Norte.
*** Trans Brasil --- Companhia Aérea.
*** Lanchas no Rio São Francisco.
etc. etc. etc.

Centenas de equipamente "TRANS-ENNIS" radio-transmissores, fabricados e instalado no Brasil, da Serra do Navio no Amapá, ao porto de Rio Grande (RGS) entre os anos 1961 e 1972.
 

HOMOLOGAÇÔES de fabricante de aparelhos de telecomunicação:
          PORTARIAS DO DENTEL  (ANATEL)

 


Trans-Ennis - Equipamentos Rádios SSB Ltda.   
2 Modelos: Valiant - 400 e Valiant - 200     
Portaria DENTEL Nº291 de 29.7.66
 


Trans-Ennis Telecomunicações e Controles Ltda.   
3 Modelos: AR-29/Mercator/ Messager 125  
Portaria DENTEL Nº1636 de 24.4.71


NOTA:  Foram anexados ao Processo da Comissão de Anistia, cópias do Diário Oficial, refente a Homologações acima, e ainda autorização de dezenas de instalações.
Um processo de homologação no Dentel (Anatel) demorava em média  6 meses a 1 ano.

Nos arquivos do DOPS havia uma cópia de contrato assinado pelo Governador do Rio Grande do Norte, Aluizio Alves e Ennis Meier, Diretor da Trans-Ennis Telecomunicações e Controles Ltda.

 

O Processo de Homologação no Dentel, (Anatel) tinha uma duração média de 6 meses a 1 ano, até a Portaria ser publicada em Diário Oficial da União. Além do teste do equipamento em Laboratório credenciado, (só haviam 2 Laboratórios credenciados Brasil, na época) incluia uma visita às instalações industriais, com a verificação dos instrumentos de Laboratorios do fabricante e tudo tinha que ser supervisionado por um engenheiro eletrônico credenciado no Dentel.


 


 

DDiário Oficial da União, quarta feira, 18 março de 1972

Os rádios "Faixa do Cidadão" eram HOMOLOGADO pelo DENTEL/ hoje ANATEL.

 





   3 Homologações da Faixa do Cidadão: 
"Ranger AR", "Mercator W2" e "Valiant 5".

Portaria Dentel Nº445 GB de 28 de fevereiro de 1971


 



 



 

 


 

Contrato com o Governo do Rio Grande do Norte, em que assina o Governador Aluízio Alves.









Contrato com o Governo do Rio Grande do Norte, em que assina o Governador Aluízio Alves.


 


 

Um negócio milionário em 1965 !
            Portaria do Ministério das Comunicações Nº 528
 
Recorte do Diário Oficial da União, em que a Companhia de Navegação LOYD BRASILEIRO cancela toda as suas Licenças, substituindo por transmissores TRANS-ENNIS Valiant de 100O watts. (22 Transmissores instalados em todos os portos do Brasil)

Veja no  Diário Oficial da União:
(arquivo .pdf  começa no fim da primeira coluna)

Veja, começando no final da primeira coluna, do DOU, Portaria 528 de 9 de novembro de 1963, Autorização para a Companhia de Navegação Loyd Brasileiro substituir todos os seus equipamentos por transmissores de 400 Watts PEP e 1 Kilowatt da marca Trans-Ennis. (companhia estatal Intercontinental extinguida pela revolução Militar de 64)
(Total 22 equipamentos)














https://www.catho.com.br/profissoes/diretor-de-tecnologia-da-informacao/






Ennis Meier, diretor proprietário da Trans-Ennis, que fazia as retiradas que bem entedia da firma.